Boa Madrugada, hoje é dia 21 de Outubro de 2018 - São Paulo / São Paulo Vender / Alugar meu Imóvel   |   Fale Conosco
 
Principal Empresa Venda Aluguel
Tipo: Cidade: Valor Mínimo Dormitórios:
Finalidade: Bairro: Valor Máximo
Pesquisar por Código
 
           Principal
           Empresa
           Pesquisa Completa
           Financiamento
           Notícias
           Fale Conosco
 
05 de Abril
Como investir em seu imóvel
 
 
Notícias

Como Planejar a compra de um imóvel?

Para auxiliar as pessoas que desejam ter uma moradia no próximo ano, o especialista listou 10 informações que vão ajudar nessa etapa. Confira a seguir:
1. Economize parte do dinheiro ganho. Nesse momento, é importante colocar todas as despesas no papel e, junto com a família, definir quais despesas podem ser cortadas. O dinheiro poupado vai ser fundamental para dar uma boa entrada ao adquirir a casa própria. O ideal é quitar, pelo menos, 30% do valor total do bem na hora de fechar o contrato;
2. Guarde parte do 13º salário para conquistar a tão sonhada moradia. O dinheiro extra, junto com as economias, pode ser útil na diminuição do valor do financiamento.
3. Verifique qual o teto do valor das prestações que você pode pagar. Não comprometa mais do que 30% da renda familiar;
4. Simule no site da Caixa como ficaria o financiamento se fosse hoje para ter uma ideia de como ficará o seu orçamento. Quando for fechar o negócio, peça antes uma planilha do banco com a projeção de todas as parcelas do financiamento, incluindo as taxas extras e os seguros que compõem a prestação;
5. Tenha cerca de 50% do valor do imóvel depositado no FGTS, poupança ou em outras aplicações para se precaver contra desemprego, diminuição de renda, problemas de saúde na família, entre outras dificuldades imprevistas, que podem comprometer o pagamento das prestações;
6. Reserve dinheiro para pagar despesas, que inclui o IPTU - Imposto Predial e Territorial Urbano do imóvel, o ITBI - Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (que gira em torno de 2% sob o valor do imóvel, dependendo do município), o registro da escritura (que garantirá a propriedade como sendo do novo comprador que é cobrada em media de 1%) e as certidões emitidas pelo cartório, ambas são cobradas de acordo com o valor do bem.
7. Não se esqueça de guardar, se possível, uma quantia para arcar com custo do despachante, valores de seguros, taxas sobre a avaliação do imóvel, pagamento da parcela das chaves, mudança, reforma do imóvel e compra de móveis;
8. Escolha o financiamento de acordo com suas possibilidades para arcar as prestações. Nessa etapa é importante fazer cálculos e comparar as linhas de crédito imobiliário disponíveis no mercado. Hoje as modalidades para financiar a casa própria são pelo sistema de consórcio, SFH - Sistema Financeiro da Habitação, SFI - Sistema Financeiro Imobiliário ou direto com a construtora;
9. Fique atento às taxas de juros. Quando for comprar, opte pelos contratos com uma taxa de juros fixa mais a TR - Taxa Referencial, ou seja, pós-fixada e pelas correções feitas pela tabela SAC ou SACRE. Com parcelas decrescentes e juros menores, ganham diferencial competitivo diante da tabela Price e das taxas pré-fixadas;
10. Consulte um advogado para sanar dúvidas. A opinião do profissional será essencial para saber se você está em condições de fazer um bom negócio.

Hora de comprar
Depois do bom de preços dos últimos anos, o mercado imobiliário começou a se ajustar, influenciado pelo menor ritmo de crescimento da economia e pela diminuição na demanda pela casa própria. Tanto as cotações do metro quadrado de imóveis usados como as de lançamentos estão subindo menos do que a inflação.

O índice mensal FipeZap revela que, de janeiro a abril, o preço do metro quadrado do imóvel pronto, a maioria usado, caiu 0,5% em média, descontada inflação do período projetada em 2,99%, segundo a inflação oficial (IPCA). Em 14 das 16 cidades pesquisadas os preços não acompanharam a inflação. A maior queda de preço, entre janeiro e abril, ocorreu em Porto Alegre (-4,5%), seguida por Brasília (-3,1%) e Curitiba (-2,6%). Só escaparam Rio e Fortaleza, mesmo assim com pequenos aumentos reais, de 1% e 1,1%, 

 
Total de notícias: 1
05
04
Como investir em seu imóvel
[+] saiba mais
 Listando de 1 até 1 no total de 1 notícias
 
 
 
 
Empresa | Pesquisa Completa | Vender / Alugar meu Imóvel | Imóveis para Venda | Imóveis para Aluguel | Notícias | Fale Conosco
Dellabitare Participação e Assessoria Imobiliária Ltda.
Rua das Rosas, 270 - Mirandópolis - São Paulo/SP
Creci. 16.258-J
Telefones: (11) 5071-7090
E-mail: contato@dellabitare.com.br
Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias